topo logo wcs
Pesquisar
Close this search box.

Como fazer um esquenta Black Friday

18 10 21 WCS BLOG ESQUENTA BF

A Black Friday, uma das principais datas para o comércio, se aproxima. E para esse ano as perspectivas de vendas estão positivas. A edição de 2020 foi marcada pelo protagonismo do e-commerce. Segundo um levantamento da Neotrust/Compre&Confie as vendas ultrapassaram R$ 5,1 bilhões, ou seja, um crescimento de 31% comparado com o mesmo período do ano anterior (2019).

E, para aproveitar a totalidade da data, muitas empresas investem no esquenta Black Friday, que nada mais é do que antecipação da sexta-feira de descontos. Esse movimento ganha força na medida que o consumidor brasileiro já aguarda ansioso pelas promoções.

As projeções para esse ano é que a flexibilização das medidas do isolamento social movimente ainda mais as compras. Só para exemplificar, segundo uma pesquisa da Offerwise, encomendada pelo Facebook, aponta que a Black Friday de 2021 pode quebrar recordes históricos, já que o número de pessoas que pretendem aproveitar as promoções da data chega a ser 29% maior do que no ano anterior.

Nesse sentido, realizar um esquenta Black Friday é a oportunidade perfeita para os lojistas que querem atrair mais clientes para seu negócio e para os consumidores que querem garantir suas compras antecipadamente. Acompanhe o artigo até o final e confira nossas dicas para fazer um esquenta Black Friday.

5 motivos para você fazer um esquenta Black Friday

Se no seu radar estão mapeados apenas alguns descontos e disponibilizá-los apenas na última sexta-feira de novembro, talvez seja ideal rever sua estratégia. Como já mencionamos acima, os consumidores não esperam apenas pela data para efetuarem suas compras. Por isso, há diversos motivos para você investir sim no esquenta Black Friday para seu negócio.

O público está cada vez mais atento às promoções da data especial, mas estão focando também nas que estão sendo disponibilizadas antes da última sexta-feira de novembro. No ano passado, por exemplo, a procura na internet por “esquenta Black Friday” aumentou 146% nas últimas semanas e buscas por “Black Week” aumentou 94% no volume de buscas que antecederam a Black Friday.

Confira abaixo 5 motivos que irão te convencer a adotar o esquenta BF:

1. Sem aglomerações em lojas físicas

Mesmo com as campanhas de vacinação a todo vapor e a flexibilização das medidas de isolamento social, a pandemia de Covid-19 ainda não acabou, por isso todo cuidado para evitar aglomeração de consumidores ainda é pouco.

Caso você tenha loja física é preciso cautela para preservar a saúde dos consumidores. Afinal, proporcionar apenas um dia de ofertas tentadoras é um convite para a superlotação do seu espaço.

Diante disso, o esquenta Black Friday é a melhor opção para aumentar seus lucros sem oferecer riscos ao público ou seus colaboradores. Essa estratégia já foi utilizada no ano passado por gigantes do comércio varejista como a Via Varejo e Casas Bahia, que anunciaram que antecipariam a BF para evitar aglomerações em suas lojas.

2. Aumento do lucro por mais tempo

Não podemos deixar de lado que os consumidores estão animados para garantir bons preços com a data, muitos encaram essa oportunidade como uma forma de garantir os presentes antecipados das festas de Natal com preços mais baixos.

E do outro lado estão os comerciantes, que precisam recuperar as vendas que foram atingidas pela pandemia. Então, antecipar a Black Friday é uma forma de oferecer ao seu público mais tempo para avaliar e escolher as ofertas com mais calma e para que você tenha mais tempo para atrair seus consumidores.

3. Maior tempo para o cliente comprar

Alguns clientes passam de maneira mais demorada pela jornada de compra, isso quer dizer que precisam de mais tempo para analisar o produto, pesquisar preços e então efetuar a compra.

Segundo uma pesquisa da UOL, 9 em cada 10 brasileiros pesquisam antes de efetivar a compra o preço de um produto desejado antes da BF. Por isso, na fase do esquenta qualquer oferta tentadora pode colocar seu produto no radar de prioridades do consumidor.

Já os dados do Google apontam que as marcas que estão presentes desde o início das buscas dos consumidores têm 30% mais chances de serem lembradas no momento da compra.

4. Aproveitar o novo comportamento do consumidor

Já tem mais de dois anos que constatamos a mudança de hábitos dos consumidores causada pela pandemia. Grande parte dos hábitos diários migraram para dentro de casa. Diante desse novo cenário, o comportamento de compra se tornou cada vez mais digital e mesmo quem tinha receio de comprar pela internet não teve outra opção.

E mesmo após a abertura do comércio a tendência é que essa onda ainda continue em uma crescente. De acordo com uma pesquisa da Criteo que ouviu mais de 13 mil pessoas, 80% confirmaram que vão continuar suas compras on-line.

A pandemia acelerou a digitalização dos consumidores que descobriram novas lojas on-line e aumentaram a diversidade de produtos que compram. Com tantos clientes que já compram pela internet, antecipar a Black Friday é mais uma chance de aumentar as vendas e consequentemente seu faturamento.

5. Prevenir uma possível sobrecarga ou problemas logísticos

No período da Black Friday as vendas aumentam e consequentemente a logística também. Apenas para ilustrar, na BF de 2020 o iFood registrou mais de 2 milhões de entregas, batendo seu recorde para o período.

Caso sua logística não esteja preparada, pode acarretar uma sobrecarga de entregas e o resultado serão clientes insatisfeitos. Com certeza, esse risco fica quase nulo se você já prever esse aumento e buscar parceiros logísticos que te ajudem na entrega dos pedidos.

No entanto, com o esquenta Black Friday há uma antecipação dos pedidos e as entregas são feitas antes, evitando a turbulência do final de novembro.

Como se preparar para o esquenta Black Friday

Para que você ingresse neste movimento com sucesso é necessário uma série de preparações, que não devem ser feitas apenas no dia, mas sim antecipadamente.

Quando se está preparado para a data é possível não só aumentar as vendas durante o período, mas também estreitar um relacionamento com os clientes para esquentar as vendas durante todo ano.

Para se destacar da concorrência, conquistar clientes, aproveitar as tendências e aplicar as melhores estratégias em uma das grandes datas varejistas é necessário que você tenha um processo bem estruturado. Acompanhe algumas dicas de como se preparar para o esquenta Black Friday.

Seu estoque precisa estar preparado

O seu estoque precisa estar preparado com pelo menos 1 mês de antecedência. Assim você vai ter o controle de todos os produtos que estão fora de linha ou em liquidação, por exemplo.

E mais, com os dados de seu estoque atualizado em mãos, você tem uma noção muito maior de quais os produtos entram ou não na promoção. Caso você ofereça valores promocionais em determinados produtos, precisa garantir que ele esteja disponível e que a entrega seja realizada no prazo. Pois, se a experiência do consumidor for ruim você pode perder o cliente e ganhar uma má reputação.

Sua infraestrutura deve estar impecável

Uma das coisas que mais afetam a experiência do consumidor durante o período da BF é o desempenho, usabilidade ou velocidade de um site. Agora analise conosco, quem é que gosta de um site lento ou que não disponibiliza a opção de cálculo de frete, não é mesmo? Caso seu site não dispor de uma boa infraestrutura as pessoas simplesmente abandonaram a página sem comprar nada.

Se seu negócio já participou de alguma Black Friday antes já tem noção das otimizações que precisam ser feitas e dos recursos de tecnologia que vai precisar. Porém, caso seja a sua primeira vez recomendamos que o mínimo a se fazer seja dobrar os recursos do servidor durante o período de promoções e que sua hospedagem seja em um servidor que suporte um grande volume de acessos.

A segurança é primordial

Um dos maiores riscos de toda operação de uma loja on-line diz respeito a sua segurança. Mas, em um período de grande visibilidade como a BF esse risco aumenta muito. Se você ainda tem dúvida se os dados da sua empresa estão realmente seguros é preciso repensar nas medidas de segurança.

  • Para ajudar a reforçar na segurança algumas medidas podem ser tomada, tais como:
    ativar a autenticação de dois fatores;
  • considerar armazenagem de dados por cloud computing que te ajuda a diminuir a preocupação com manutenção;
  • ter disponível um bom Anti-DDoS, para separar o tráfego lícito do ilícito, deixando seu site rápido e protegido.

Quer ficar ainda mais por dentro dessas soluções? Então, confira o artigo Soluções de cibersegurança que te ajudam a aumentar suas vendas.

Além de tudo isso é necessário que você revise todas as permissões de acesso ao seu ecommerce.

Depois de ler esse artigo você ainda não sabe por onde começar para deixar seu comércio eletrônico mais seguro? Então, entre em contato com um dos especialistas da WCS Conectologia que com certeza vamos te ajudar a encontrar soluções que se adaptem a necessidade do seu negócio.

Compartilhe esse post

Pesquisar

Inscreva-se na nossa

Newsletter

Tendências de conectividade e tecnologia na saúde para 2024

Cada vez mais a evolução do cenário digital impulsiona novos…

Quais os custos que uma empresa tem por uma falha na segurança?

Os custos reais e ocultos de uma falha de segurança…

Uma rede segura é fundamental para que o varejo brilhe no Natal

Nos últimos anos, a ascensão do comércio eletrônico tem redefinido…

Tendências de conectividade e tecnologia no varejo para 2024

Atualmente, a conectividade e a tecnologia representam um papel crucial…

Firewall + SD-WAN para uma rede empresarial mais segura e eficiente

Sabia que as soluções Firewall e SD-WAN, da WCS Conectologia,…